Se você procura qualidade, inovação e bem-estar, seja bem-vindo à DiCorpo!

Dez formas para baixar a pressão

Exercite-se: a pressão sanguínea pode ser reduzida consideravelmente entre as pessoas que seguem a regra dos 30 minutos de exercícios diários, na maior parte dos dias. Escolha algo que te traz, além de saúde, prazer. Atividades aeróbicas como caminhadas, corridas, natação ou bike são algumas das opções

Coma bananas: a maioria das pessoas não come a quantidade de potássio necessária e os médicos avisam: este é um mineral que contribui muito para o controle da pressão arterial. Adultos devem ingerir pelo menos 4.700 miligramas por dia. Além da banana, outras fontes de potássio são batata cozida com casca, suco de laranja e iogurte desnatado

Corte o sal: alimentos processados são carregados de sal, o vilão número um da hipertensão. Verifique a quantidade de sódio nos rótulos dos produtos e, de preferência, opte por alimentos integrais

Não fume: embora o tabagismo em si não esteja diretamente associado à hipertensão crônica, fatores a ele associados contribuem para este quadro. Beber e não praticar exercícios, por exemplo, são alguns deles. Portanto, eliminar o ato de fumar da sua vida contribuirá para a saúde de um modo geral

 Perca peso: o sobrepeso faz o seu coração trabalhar mais. Perder alguns quilinhos pode aliviar a carga cardiovascular e isso faz com que a pressão arterial volte aos seus níveis normais

 Reduza o álcool: embora a ingestão diária moderada de álcool esteja associada à benefícios à saúde – uma dose para mulheres e duas para homens – o consumo exagerado pode aumentar a pressão. Por isso, é recomendável que seu drinque seja acompanhado de uma refeição, que pode atenuar estes efeitos

 Diminua o estresse: não existem pesquisas que apontem formas das pessoas reduzirem o estresse, mas já é comprovado que ele eleva os níveis de pressão arterial. Por isso, os hipertensos devem procurar atividades que os ajudem a aliviar as tensões diárias

 Yoga: um estudo recente feito em Nova Deli comprovou que a prática de yoga ajuda a reduzir a pressão arterial, provavelmente porque seus efeitos auxiliam o sistema nervoso, a digestão e a frequência cardíaca. Mas para os adeptos, um aviso: a yoga não deve ser substituída por exercícios aeróbicos, pois ambos trazem benefícios diferentes

 Reduza o cafezinho: embora apresente vários benefícios pra saúde, os especialistas recomendam que a dose diária seja reduzida a duas xícaras, mesmo para quem não é hipertenso. Para verificar se o seu organismo é sensível à cafeína, cheque sua pressão antes e meia hora depois de ingerir. Se ela aumentar entre cinco e dez pontos, isso pode ser um sinal

 Medite: a meditação pode ser uma maneira eficiente de combater o estresse e, por consequência, a hipertensão. Isso porque a prática envolve respiração e visualização e, com isso, pode auxiliar algumas pessoas a se sentirem melhor depois dos exercícios.

Pressão alta é coisa séria e precisa ser tratada. Ë importante, sempre, ter acompanhamento médico.

Conteúdo:Terra Fotos: Terra/Getty Images

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 96.314 outros seguidores