Se você procura qualidade, inovação e bem-estar, seja bem-vindo à DiCorpo!

Últimas

Aplicativo de celular ajuda a controlar a alimentação

Já pensou em utilizar um aplicativo para organizar a sua dieta? Um dos mais populares da atualidade é o FatSecret, que está fazendo muito sucesso entre as pessoas que estão preocupadas com o peso e a saúde. Nele você encontra diversas ferramentas, entre elas um diário alimentar, diário de exercícios, receitas saudáveis e informações nutricionais de diversos tipos de alimentos.

Além de auxiliar no controle de peso, na alimentação e na rotina de exercícios, o app mostra em forma de porcentagem a quantidade de calorias que você já ingeriu no dia e qual é a sua meta. Você controla isso através de entradas, na qual você cadastra os alimentos que consumiu.

A parte de exercícios também é personalizada. Você insere o exercício que realizou e por quanto tempo e o aplicativo faz uma simulação de quantas calorias foram gastas.

O aplicativo está disponível para o iPhone, Android, BlackBerry e WindowsPhone.

Saiba mais em http://www.fatsecret.com.br/

Imagem

5 passos para uma vida mais saudável

Saiba mais sobre o método que ajuda a consolidar mudanças de comportamento. Com ele, fica mais fácil incorporar as práticas saudáveis no seu dia a dia:

Etapa 1. pré-contemplação ou diagnóstico 
Nessa fase, você precisa detectar o que não está correndo da maneira como gostaria na sua rotina. Você se sente cansada? Estressada? Tem problemas com o peso? Os relacionamentos profissionais e familiares não vão muito bem? É o momento de refletir sobre a necessidade de programar mudanças para viver melhor. 

Etapa 2. Contemplação ou reconhecimento 
Você já considera a necessidade de mudança, mas ainda arruma mil desculpas para não fazê-la? Antes de seguir adiante, avalie quais são as recompensas emocionais que tem com o estilo de vida atual e quais são as reais motivações para mudar. Vale fazer uma lista com essas informações para comparar. 

Etapa 3. Preparação ou planejamento 
Agora é o momento de estabelecer um plano, com metas e prazos definidos para alcançá-las. Crie condições favoráveis à adoção do novo hábito. Talvez você precise incluir nessa fase pequenas mudanças comportamentais que serão decisivas, como contar o número de calorias que ingere ou tirar a TV do quarto se pretende dormir mais cedo. 

Etapa 4. Ação 
Dependendo do tipo de mudança almejada, pode ser necessária alguma ajuda externa, de um psicólogo, preparador físico, nutricionista ou mesmo de amigos que possam motivá-la a seguir em frente. Vale recorrer a aplicativos, redes sociais e até grupos de ajuda. Outra dica: faça um diário para você anotar como se sentiu durante a nova atividade e as conquistas alcançadas. 

Etapa 5. Manutenção 
Você chegou à fase final, quando o novo hábito já dá prazer e foi incorporado à rotina. É um momento desafiador: relaxar agora pode abrir uma brecha para que velhos hábitos reapareçam. 
Recaída: É um evento possível e previsto no processo de mudança. Não se torture, mas fique alerta: retome o plano imediatamente, com ainda mais afinco.

Fonte: http://boaforma.abril.com.br/saude-bem-estar/hora-mudar-778502.shtml

Imagem

 

Experimente meditar por 10 minutos

Já pensou em meditar? Esse hábito lhe traz paz para enfrentar as tarefas do dia a dia e aumenta seu autoconhecimento.  A DiCorpo separou essa matéria especial para você dedicar um tempo pra você.

Você tem 10 minutos para dedicar somente a você todos os dias? Já pensou em aproveitar esse tempo para meditar? Se após ler este texto quiser manter esse hábito, saiba agora, que só dependerá da sua vontade.

Não importa com que tipo de meditação você mais se identifica, o importante é a frequência destes momentos em sua vida diária. A continuidade de buscar o relaxamento, chegar até ele, se equilibrar e sentir-se em paz, é que vai determinar seus benefícios. Aumentar a capacidade de concentração, diminuir o estresse e equilibrar o complexo mente/corpo, aumentar a autoestima são alguns deles. Outras vantagens que valem ser destacadas são a melhora do sistema imunológico, e da memória, além do fortalecimento das conexões entre os neurônios. A meditação diária possibilita o treinamento da mente para conseguir novos objetivos e trazer consciência do poder pessoal.

Os cientistas acreditam que o corpo produz mais óxido nítrico quando está profundamente relaxado, e essa molécula atua como um antídoto contra o cortisol, o hormônio do estresse. Dos relaxamentos mais pesquisados nos últimos anos, a meditação tem gerado uma grande atenção. A prática aumenta a produção de endorfinas (hormônio que reduz o estresse) e previne a perda natural de neurônios. Confira um passo-a-passo:

1- Reserve um tempo e um lugar calmo. Certifique-se que não será incomodado ou interrompido.

2- Sente-se com a coluna ereta, para a melhor circulação de energia, e também para não dormir. Este é um exercício que traz sua consciência para o agora.

3- Feche os olhos respire profundamente 3 vezes, relaxe seu corpo e acomode-o confortavelmente sentado. Mantenha a atenção na sua respiração, no ar novo que entra (e como entra) e no ar velho que sai (e como sai). Reflita sobre as sensações trazidas e mantenha todo o tempo sua mente ocupada com esta tarefa.

4- Logo nas primeiras experiências você deve encontrar dificuldade em domar o mental, que não costuma parar de interferir logo de inicio. Comigo também é assim, não desista! Afinal quem manda aí dentro, você ou sua mente desordenada?

5- Faça isso sempre quando acordar e quando for dormir e finalize com uma boa afirmação para começar o dia: “Eu acredito que o decorrer de meu dia será suave e repleto de boas concretizações”. E para a noite,: “Agradeço tudo que aprendi hoje e me entrego a um sono profundo, restaurador que me prepara para as atividades do próximo dia”.

Fonte: Personare

Confira a matéria em: http://goo.gl/RQJ6KE

Imagem

5 atitudes para combater o estresse

Se você se sente exausta e desanimada na maior parte do tempo, saiba que não está sozinha. Uma pesquisa recente do Ibope apontou que 98% dos brasileiros se sentem estressados. Em casos extremos, é importante consultar um médico e fazer exames para saber as causas do problema. Mas, no dia a dia, algumas medidas simples podem ajudar a reduzir o estresse e aumentar o seu ânimo. Veja algumas dicas de mudanças e atitudes que podem te surpreender:

 Desconecte-se!

É cada vez mais comum ver pessoas com o celular na mão enquanto come, enquanto aguarda na fila e até mesmo enquanto dirige ou no meio de uma conversa. Os aparelhos tecnológicos se tornaram uma extensão das pessoas e acabaram se transformando numa fonte a mais que as deixa sempre ‘pilhadas’, seja no trabalho, no trânsito ou mesmo ao chegar em casa. Por isso a dica é, sempre que possível, se desligar disso tudo e aproveitar os momentos em casa para relaxar e cuidar da beleza.

 Faça um ritual de beleza

Depois de um dia inteiro de trabalho, separe um tempinho para cuidar de si mesma. A coordenadora técnica do W Spa, Lôua Unger, indica um banho relaxante e uma esfoliação da pele com mel e fubá! “Basta misturar mel e um pouco de fubá, mexendo bem. Aplique em movimentos circulares e suaves por todo o corpo, principalmente nos cotovelos, axilas, joelhos e virilha. Esse esfoliante também pode ser usado na face, mas é necessário ter atenção pois é uma área sensível. O mel é um emoliente poderoso e, além de esfoliar, essa receitinha irá hidratar a pele”, explica. Para os pés cansados, ela indica o hortelã. “Além do aroma delicioso, o escalda pés de hortelã é refrescante. Amarre saquinhos de chá de hortelã e coloque num bule com água quente até que todas as propriedades da planta se soltem. Com o chá pronto, prepare uma bacia ou balde com água fria para refrescar”, sugere.  

 Evite alimentos gordurosos

Nada de descontar os problemas pessoais ou desentendimentos no trabalho na comida. Se for inevitável beliscar alguma coisa nos momentos de crise, dê prioridade às opções mais naturais e leves. “Opte pelos pães, cereais e arroz integral combinados com saladas e pratos frios”, indica a nutricionista Marcela Frias, da Clínica Dicorp, no Rio de Janeiro. Ela explica que os cereais integrais são ricos em vitaminas B, e que frutas como a maçã melhoram a circulação do sangue, aliviando o cansaço. Sucos de caju, acerola e manga também são indicados, por serem ricos em vitamina C, garantindo a imunidade do corpo e contribuindo para circulação sanguínea.  

 Pratique atividades físicas intensas

Exercícios aeróbicos regulares trazem mudanças consideráveis para o metabolismo e, além de trabalharem o corpo, também fazem bem para a mente. Segundo estudos da Escola de Medicina da Universidade de Harvard (EUA), que disponibiliza em seu site diversos exercícios práticos para combater o estresse, a prática de atividades físicas tem uma capacidade única de revigorar e relaxar, estimular e acalmar, conter a depressão e dissipar o estresse. Atividades como ioga, pilates, lutas e danças, que exigem maior consciência corporal, também são boas opções.  

 Busque terapias alternativas

O uso de florais, que atualmente são misturados a óleos essenciais e ganham novas versões, também pode ser recomendado. Há versões para quem quer manter a concentração, a feminilidade, entre outras. Eles podem ser usados no ambiente, em formato spray; como sabonete líquido, ou, ainda, em massagens. A dica da terapeuta floral Marcia Rissato é misturar 8 gotas do blend (óleos essenciais de gerânio e rosa, associados aos florais wild rose, crab apple, chicory e walnut) em 10 mL de óleo vegetal base, espalhar pelo corpo e prosseguir com a massagem. “É indicado para massagens tipo drenagem linfática, terminando com foco no plexo solar. Se a mulher não gostar de drenagem, pode iniciar com massagem relaxante e terminar com foco nas linfas e plexo solar”, diz.  

 Fonte: http://www.itodas.com.br/9247/5-atitudes-para-combater-o-estresse   

Imagem

Suco rosa é mais nova promessa do mundo fitness

               O suco rosa é novo queridinho das adeptas dos sucos desintoxicantes. Além deste benefício ele diminui a retenção de líquidos.

               Além da boa quantidade de vitaminas e minerais, essas combinações ajudam a acelerar o metabolismo e desintoxicam, o que também colabora com a perda de peso e diminui a retenção de líquido. O ideal é que o suco não seja coado, mantendo as fibras dos ingredientes . 

Ingredientes

1 col. (sopa) de beterraba crua

1 col. (sopa) de Goji Berry

1 col. (sopa) de morangos picados

150 ml de água ou água de coco

50 ml de suco de laranja

 Modo de preparo

Bata tudo no liquidificador. Rende 1 copo de 200 ml.

  Linhaça

Adicione uma colher de sobremesa ao suco. 

 Gengibre

Bata o suco rosa com uma fatia de 1 cm da raiz.

 Chá de hibisco 

Faça um suchá: chá de hibisco com o suco. Modo de preparo: Dilua 1 col. (sobremesa) de hibisco em 1 xíc. (chá) de água quente. Depois de 10 minutos, coe e deixe na geladeira até misturar com o suco.

 Para ler a matéria completa acesse: http://mdemulher.abril.com.br/dieta/reportagem/dietas-rapidas/suco-rosa-desintoxica-ajuda-perder-2-kg-semana-772958.shtml

Imagem

10 Dicas de qualidade de vida no trabalho

Durante uma jornada de trabalho, as pessoas ficam numa mesma posição em média 25% do tempo. Essa é a realidade da grande maioria que tem como ferramenta de trabalho uma mesa, o computador e o telefone e, inevitavelmente, ficam expostos a posturas inadequadas, ao sedentarismo e a uma série de problemas que afetam a saúde física e mental no ambiente de trabalho e, consequentemente, na vida. Confira algumas dicas que separamos para você:

Comece seu dia bem. Levante da cama com cuidado, de lado e apoiando as mãos na cama para não forçar a coluna. Então siga outras dicas no ambiente de trabalho em si.

Alongue-se: levante-se da cadeira, mexa-se e alongue braços, pescoço e mãos para aliviar as tensões.

Cuide da alimentação: se você sente muito sono ou preguiça após o almoço, o ideal é equilibrar as refeições. Isso porque a circulação se dirige mais ao aparelho digestivo, o restante do organismo fica mais lento e o excesso de comida pode aumentar este efeito.

Mexa-se: opte pelas as escadas em vez do elevador.  Se o seu local de trabalho for muito distante do térreo, vá de elevador até um determinado andar e siga o restante a pé. Essa atitude também ajuda na queima de calorias.

Postura ereta: você deve ficar posicionado na cadeira de maneira que os ossos do quadril (os ísquios) fiquem bem rentes ao encosto da cadeira, os pés apoiados firmes no chão e, se caso seus pés não alcançarem o chão, apoie os pés em um banquinho pequeno, colaborando para a coluna lombar não ficar sobrecarregada;

Mãos e punhos: a altura da mesa e da cadeira está certa quando os antebraços ficam apoiados sobre a mesa ou o teclado, sem ficarem encolhidos ou distantes.

Tela do monitor é outro objeto que deve ficar na altura dos olhos, sem que seja necessário abaixar ou levantar o pescoço. Essa medida auxilia contrações e dores na cervical e maxilar. Prefira entre 40 e 70 centímetros, muito perto pode causar problemas à visão.

Pausas: Procure fazer pequenas pausas durante o dia. A cada 50 minutos trabalhados, experimente descansar 10. Nesse intervalo, aproveite para levantar, caminhar, beber água, esticar as pernas ou fazer alongamentos.

Evite cruzar as pernas, para que não prejudique sua circulação sanguínea.

Sente-se sempre sobre os ísquios (o ossinho do bumbum) assim, ajuda a manter a coluna mais ereta.

Fonte: http://www.caminhandojunto.com.br/2013/05/10-dicas-de-qualidade-de-vida-no.html

Imagem

Dicas para um bom Planejamento Financeiro

- Anote suas despesas no papel

Visualizar as contas é uma forma de perceber quanto e no que se está gastando. Percebendo para onde o dinheiro está indo fica mais fácil fazer cortes com despesas desnecessárias. Tenha um caderno ou uma planilha no computador e anote todas as entradas e saídas de dinheiro.

 - Tenha metas realistas

Faça uma lista de suas prioridades e estabeleça metas realistas de curto, médio e longo prazo. Por exemplo: pagar as contas em dia no curto prazo, fazer um curso de inglês no médio prazo e poupar para comprar um carro, no longo prazo.

 - Começar é o primeiro passo

Não espere perder o controle para pensar em planejamento financeiro. O controle lhe fará aproveitar melhor as oportunidades. Por exemplo, se precisar comprar algo e tiver dinheiro para pagar à vista poderá negociar melhores descontos. Ter dinheiro guardado facilita atingir os objetivos.

 - Inclua sua família no planejamento

A família tem que participar ativamente do planejamento. Todos devem conhecer e acompanhar a situação financeira da casa para que ajudem a controlar os gastos.

 - Controle as contas

É preciso adquirir disciplina para criar o hábito de controlar os gastos. Pode ser difícil no começo, mas quando os primeiros resultados positivos aparecem fica mais fácil prosseguir.

- Planeje as compras parceladas

É melhor comprar um produto à vista, do que dividir em parcelas. Se o preço das parcelas for realmente irresistível e, pagando à vista, não seja possível barganhar um valor mais baixo, você poderá pensar em um parcelamento da compra.

 - Resista às tentações

Quando se deparar com uma liquidação, ou uma oferta tentadora, procure retomar seus reais objetivos e pense duas vezes antes de fazer um gasto desnecessário. Se for preciso, deixe cartões de crédito e talões de cheque em casa.

 - Economize nas despesas do dia a dia 

A adoção de hábitos simples, como apagar as luzes, fechar as torneiras e reduzir o tempo ao telefone, são hábitos que fazem diferença nas contas do final do mês. Passe a prestar atenção nestes detalhes e verá como é possível economizar mais.

Imagem

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 96.304 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: